Tratado de Methuen (1703)

“Art.º 1 – Sua Sagrada Majestade El-Rei de Portugal promete tanto em seu próprio nome como de seus sucessores, admitir para sempre daqui em diante no Reino de Portugal, os panos de lã, e (…) lanifícios de Inglaterra, como era costume até o tempo que foram proibidos pelas leis, não obstante qualquer condição em contrário.

Art.º 2 – É estipulado, que Sua Sagrada e Real Majestade Britânica, em seu próprio nome e no de seus sucessores, será obrigada para sempre daqui em diante admitir na Grã-Bretanha os vinhos (…) de Portugal, de sorte que em tempo algum não se poderá exigir de direitos de alfândega nestes vinhos (…)”
Tratado de Methuen (adaptação)

Vinho por texteis

Esta entrada foi publicada em Antigo Regime. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s